DESDOBRAMENTO DO SELF/DESTINO E JOUISSANCE

    Amnéris Maroni[1]   O livro de Sarah Nettleton, supervisionanda e assistente de Christopher Bollas acaba de ser publicado no Brasil, pela editora Escuta: A Metapsicologia de Christopher Bollas: Uma introdução. A tradução impecável é de Liracio Jr. Em seus livros, Bollas, e também Sarah, estão sempre a insistir o que compreendem por metapsicologia... Continuar Lendo →

Prefácio (The Christopher Bollas Reader) por Adam Philips

  Algumas palavras por Amnéris Maroni   Adam Phillips escreveu um curto, agudo e precioso prefácio — traduzido logo abaixo — para o livro Christopher Bollas Reader. Phillips tem vários livros publicados no Brasil e ressalto dois deles: Louco para ser normal e Winnicott, sendo este último uma das melhores interpretações do psicanalista inglês. É... Continuar Lendo →

A escuta poética de Christopher Bollas

Por João Paulo Ayub   “...quando se trata de recepção de personagem, a sensibilidade do analista é comparável à disposição mental de quem está ouvindo uma poesia." Bollas   Christopher Bollas é um autor singular no interior da tradição psicanalítica. Tal afirmação poderia ser ilustrada a partir de um apanhado de conceitos, teorias e desdobramentos... Continuar Lendo →

Digressões Sobre o Conceito de Caráter em Christopher Bollas: Aproximações e Distanciamentos com Winnicott.

Por Vera Barbosa               Na introdução do livro Hysteria, Christopher Bollas considera que, ao vislumbrar algo tão complexo como a histeria, somos obrigados a utilizar todos os pontos de vista e conhecimentos para distinguir os traços essenciais e ter uma visão integrada do funcionamento do caráter histérico. Sendo igualmente... Continuar Lendo →

Personagem e Interformalidade

  Por Amnéris Maroni   É um dos mais belos capítulos do livro The Christopher Bollas Reader, publicado em Londres/ 2011 e traduzido, logo abaixo, para o blog Por Bollas. Desde o início de sua obra, no final da década de 80 e principalmente em Forças do Destino, que agora ganha uma nova tradução pela editora... Continuar Lendo →

O Conceito Bollasiano de Fascismo e Outros Comentários

Postei na minha página de Facebook, no final de abril, uma pequena citação de Christopher Bollas sobre  o ¨O Estado da Mente Fascista¨ e essa citação suscitou um bom debate. Debate Vivo com vários psicanalistas. É por essa razão que a postagem e o debate abrem a coluna:   Conversando sobre Bollas. Amnéris Maroni.     O... Continuar Lendo →

Christopher Bollas e a “elaboração do Self”: experiência e singularidade

João Paulo Ayub Elaborate Selves: Reflections and Reveries (Routledge) é um volume de entrevistas publicado em 1997, para o qual psicanalistas e estudiosos da cultura foram convocados a compor um conjunto de análises e reflexões sobre o “estatuto do self no mundo contemporâneo”.[1] De acordo com Anthony Molino, entrevistador e editor do livro, a desagregação... Continuar Lendo →

Conversando com Bollas: Conflitos ontológicos na psicanálise

Amnéris Maroni Na entrevista da Revista Percurso (Bollas, 1998), Christopher Bollas oferece-nos uma interessante discussão política na psicanálise: a guerra entre as escolas supõe mentes puras, mentes não contaminadas e essa é, na compreensão mesma do autor, uma das características da mente fascista (Bollas, 1987). Essa guerra também invalidaria um dos elementos básicos da profissão... Continuar Lendo →

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: